crazyones

Think Different

Here’s to the crazy ones. The misfits. The rebels. The troublemakers. The round pegs in the square holes. The ones who see things differently. They’re not fond of rules, and they have no respect for the status quo. You can quote them, disagree with them, glorify and vilify them. About the only thing you can’t do is ignore them because they change things. They push the human race forward. And while some may see them as crazy, we see genius. Because the people who are crazy enough to think they can change the world, are the ones who do.

Think Different (ou Crazy Ones) é o melhor comercial da Apple de todos os tempos. “Ah, mas não é o 1984?” dirão alguns de vocês. Não. “1984” é o mais importante, aquele que mudou o conceito de computador pessoal. Mas “1984″ só foi ao ar uma vez na televisão americana, durante o Superbowl de 1984. É mais simbólico que efetivo.

Think Different” foi ao ar em 1997 e teve um alcance muito maior. Mudou a maneira que o mundo via e sentia a Apple e consolidou o culto à maçã. Criou uma legião de fãs que sentiam-se diferentes, que queriam ser diferentes. Praticamente criou uma religião. E, o maior marco, definiu como a Apple trabalharia daquele ponto em diante.

Ou, cá entre nós, alguém consegue ignorar algo que eles fazem?

Curiosidades:
• Quem aparece no comercial, na ordem: Albert Einstein, Bob Dylan, Martin Luther King, Jr., Richard Branson, John Lennon (com Yoko Ono), Buckminster Fuller, Thomas Edison, Muhammad Ali, Ted Turner, Maria Callas, Mahatma Gandhi, Amelia Earhart, Alfred Hitchcock, Martha Graham, Jim Henson (com Caco, o Sapo), Frank Lloyd Wright e Pablo Picasso;
• Há uma versão diferente, mais curta, que foi ao ar apenas uma vez, após o último episódio de Seinfeld;
• O slogan Think Different está gramaticamente errado. O correto seria Think Differently.

Curtiu o post? Estes também são bem legais:

3 opiniões sobre “Think Different”

Não comentou ainda? DEMOROU!!!