oblivion FB

Oblivion | O novo filme com Tom Cruise será sem graça

Antes que os gamers se empolguem, este Oblivion não tem nada a ver com o The Elder Scrolls IV: Oblivion. Este Oblivion é a história de Jack Harper (Tom Cruise, o Jesus Cristo da Cientologia), um dos últimos reparadores de drones do planeta Terra, parte de uma operação para extrair recursos vitais do planeta depois de uma terrível guerra. E a missão de Jack está quase completa.

Tom Cruise Oblivion omedi

Tom Cruise: Oblivion

E é claro que os eventos que vem a seguir colocam o futuro da humanidade em suas mãos. OMG!

Assista ao trailer:

Oblivion, com Tom Cruise:

Fiquei conjecturando como seria se existisse uma ligação entre After Earth e Oblivion. Se eles estivessem no mesmo universo, os negros estariam usando uniformes negros e os branco uniformes brancos, ia ser fácil reconhecer quem é quem na hora da porradaria.

E se Oblivion fosse mesmo a continuação de After Earth, o filho inexpressivo do Will Smith teria evoluído e se transformado no Morgan Freeman, realmente uma evolução!

O diretor de Oblivion é Joseph Kosinski, que fez o belo mas vazio saco de batatas Tron: O Legado, uma daquelas continuações caça-níqueis que não deveriam ter saído do papel (se você gostou merece uma surra de toalha com um sabonete dentro). Mas o cara virou queridinho da Disney por conseguir fazer um filme limpinho e completamente seguro para todas as idades, então não espere violência e nem sangue em Oblivion. E olha, a história deve ser facinho de entender, pra quê dificultar o raciocínio da molecada da oitava série?

Ponto positivo é o roteiro, que é original, fugindo da epidemia de recuperar tudo que sai da cultura popular moderna. Original naquelas, pois não vi nada de original no trailer: futuro utópico, planeta desolado, sujeito solitário, rebeldes, e por ai vai. A curiosidade é que tem a mão de Michael Arndt, o cara que está lapidando o roteiro do próximo Star Wars.

O ponto negativo é ter o nome do Tom Cruise gritante no poster, mas a gente entende a estratégia de marketing. Outro ponto negativo é destacar “dos produtores de Planeta dos Macacos: A Origem“, como se isso fosse bom. Deveriam é tomar vergonha na cara.

Será que o Tom Cruise vestido de encanador do espaço ainda é macho o suficiente para levar uma legião de fãs para os cinemas? O que você acha?


Curtiu o post? Ajude o OMEdI a fazer mais, compartilhe!

Deixe um comentário!

Curtiu o post? Estes também são bem legais:

Não comentou ainda? DEMOROU!!!